#10 - MISSÕES EM SOMÁLIA - CONFLITOS, PERSEGUIÇÃO E FOME


"Vós, senhores, fazei o que for de justiça e eqüidade a vossos servos, sabendo que também tendes um Senhor nos céus. Perseverai em oração, velando nela com ação de graças; Orando também juntamente por nós, para que Deus nos abra a porta da palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo, pelo qual estou também preso;"
Colosensses 4:01 a 03

Lendo uma reportagem sobre a atual condição de fome na Somália decidimos publicar algumas informações sobre os trabalhos missionários nesta região de incessantes conflitos territoriais, acirrada perseguição aos cristãos e muita, muita fome.

A informação que logo nos chamou maior atenção é que, segundo o Portas Abertas, não há hoje entre os somalis, quase nenhum trabalho missionário, condição imposta pela falta de leis e constante perseguição a cristãos ex-muçulmanos.

Outra notícia que nos chamou a atenção foi a entrevista de Abdi Ismail Samatar, somali naturalizado norte-americano e professor da Universidade de Minessota, ao portal Folha.com, na qual apontou claramente para a questão política como grande causadora da atual situação de fome, esta entrevista pode fornecer informações do ponto de vista secular e político para nós cristãos.

Porque esta entrevista é importante? porque nos dá uma clara direção para nossas orações, além de fornecer informações de grande relevância para missionários chamados para atuar neste campo.

É preciso, ao se dispor para um determinado campo missionário, não apenas ter conhecimento das necessidades sociais e espirituais do povo, mas também, e não menos importante, ter consciência da situação política em que se encontra.

O Apóstolo Paulo faz uso deste conhecimento político quando preso, faz lembrar seus direitos de cidadão romano, o que certamente lhe permitiu manter-se por certo tempo com liberdade para, em Roma, anunciar o evangelho (Atos 22 e 23).

A Igreja Perseguida na Somália
Não podemos dizer que não há igrejas cristãs na Somália, mas trata-se de uma minoria que convive com ameaças, torura e não raramente a morte de líderes ou membros de suas comunidades. Aliás comunidades pequenas consideradas como imperceptíveis em alguns casos.

Relatos como o do ex-muçulmano e Pr. Abdi Welli Ahmed que foi torturado e queimado apenas por portar material cristão, não são casos isolados, mas constantes nestas regiões.

Assim, qualquer visita pastoral pode se tornar alvo de perseguição e morte. Jornais locais contribuem para esta violência, tratando os cristãos com palavras de violência e intolerância, o que leva a uma reação de violências fisicas contra nosso irmãos somalis.

Maaravilhosamente porém, tais ataques não impedem que irmão dêem testemunho de sua fé em Cristo, uma decisão que pode ser comparada o ato de colocar voluntariamente a arma de um extremista em sua própria cabeça ou de seus familiares.
  
O site Portas Abertas traz informações importantes sobre a história, a população, a perseguição, a igreja e principalmente os motivos de oração, com informações compiladas de outros portais igualmente sérios.

O que podemos fazer?
É preciso entender que a situação na região do chamado Chifre da África é de fato bastante séria, talvez isso nos faça finalmente enxergar a situação hoje, dos cristãos que se encontram em áreas de conflito e perseguição com pouco ou, neste caso, sem nenhuma liberdade de culto. Diante desta compreenção poderemos orar por estes amados de Deus. São informações como estas que permite que nos envolvamos de forma real.

O site Fogo para Missões possui uma página que será constantemente atualizada, com informações para contato com diversas agências missionárias, onde nosso único objetivo é levar mais e mais cristãos a se envolver com missões não apenas orando, mas também investindo e indo. Queremos te encorajar a acessar estas páginas, buscar mais informações e entrar em contato com as agências e ministérios.

Você pode se envolver mais em missões;
Você pode auxiliar a igreja local;
Você pode enviar cartas à missionários(as);
Você pode investir financeiramente tanto para missões quanto para a saúde e cuidados médicos;
Você pode se dispor como missionário ou voluntário (sempre sob cobertura espiritual de sua liderança).

Honre os irmãos que vivem em regiões como a Somália, interceda por eles, vivendo sua liberdade com temor e responsabilidade.

Fogo para Missões

Um comentário:

  1. Eu gostaria muito de saber como funciona esta tarefa missionária neste país. Isso vem me chamando a atenção nos
    últimos dias.
    Obrigada, e que Deus abençoe a todos engajados nesta obra.

    ResponderExcluir

Você está no BlogFpM, blog oficial do ministério Fogo para Missões.

Você pode também nos acompanhar no facebook.com/fogoparamissoes, onde você poderá curtir, seguir, reagir às publicações, compartilhar, comentar, pode até deixar aquele seu "amém", mas acima de tudo, queremos que você se sinta incentivado, encorajado e provocado a envolver-se pessoalmente na proclamação do Evangelho, das Boas Novas de Jesus Cristo.

Seu comentário é importante para que possamos avaliar o alcance de nossa proposta. Se você possui site, blog ou twitter, deixe seu link para que o visitemos também! Se desejar, nos acompanhe também pelo twitter.com/fogoparamissoes.

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO PUBLICADOS APÓS MODERAÇÃO.